(83) 3225-4784 / (83) 3225-4663

Blog

Os 6 hábitos para uma casa segura

A preocupação com a segurança do lar é um hábito mais do que natural. Sempre pensamos se estamos seguros dentro de nossas residências, sejam elas casa, apartamento, condomínios fechados… e por aí vai. Com o aumento da violência dentro dos grandes centros urbanos, ficou cada vez mais comum a procura por soluções mais eficazes contra pessoas mal-intencionadas.

Mas você sabia que os seus hábitos também podem ajudar na proteção do ambiente?

Preparamos este conteúdo para ajudar você a manter seu lar sempre seguro.

1. Verifique o que pode ser visto de fora da casa

A ideia é não chamar a atenção. Os ladrões sempre optam por agir em lugares que têm certeza que a ação dará certo. Por isso sempre avaliam e tentam perceber o que tem de valor nos ambientes. Não é que você não possa ter as coisas. Você pode ter sim uma tv enorme no meio da sala, mas o ideal é que o meliante não saiba disso. Uma boa ideia é usar cortinas para não mostrar o interior do ambiente.

2. Use a tecnologia a seu favor

Procure conhecer os vários tipos de sistemas de segurança, seus prós e contras e as vantagens de aplicá-los na sua residência. Busque sempre a ajuda de especialistas. Eles vão te orientar com mais precisão sobre as possibilidades. A tecnologia vem auxiliando muito o mercado de segurança e isso propicia um ambiente mais protegido para você.

3. Preste atenção antes de entrar ou sair de casa

A maioria dos assaltos acontecem quando o morador está displicente e está saindo ou chegando a residência. Os bandidos aproveitam esta oportunidade para capturar o morador e realizar a ação, levando os pertences e/ou veículo ou adentrando ao ambiente. Sei que isso é um conselho muito divulgado e que você está mais do que cansado de ouvir, mas não é por este motivo que deve desapegar do hábito de conferir bem se tem alguém estranho nas redondezas. Atenção nunca é demais!

4. Uma casa vazia é um bom atrativo

As pessoas mal-intencionadas aproveitam para agir em locais com pouca movimentação. Primeiro eles observam se tem pessoas no ambiente. Quando verificam que a casa não é bem movimentada e/ou não existe nenhum sistema de segurança, eles não só praticam o delito uma vez, como sempre voltam, por achar facilidade em praticar o ato. Por isso, ao viajar ou ficar longos períodos longe de casa, procure implantar algum sistema de segurança no local, ou pedir para alguém tomar conta.

5.  Se possível, abandone as chaves

O ideal seria que todo tipo de fechadura que tenha a chave “copiável”, como cartões magnéticos e chaves de metal, devessem ser descartadas. As cópias e clonagens desses materiais é bastante fácil e sua casa se torna mais acessível desse modo.

Existem sistemas que são considerados mais seguros, por não facilitarem a duplicação da chave de acesso ao ambiente. Exemplos disso são sistemas de fechaduras eletrônicas, automatizadas e biométricas.

6. Mantenha um bom relacionamento com seus vizinhos

Quando o assunto é segurança, ajuda nunca é demais. Tente sempre manter um bom relacionamento com a sua vizinhança, eles com certeza ajudaram na proteção da sua casa vigiando e inibindo alguma ação.

Bom, agora que você já sabe alguns hábitos que influenciam na segurança do seu lar, não deixe de pôr em prática e redobrar a sua segurança.

Esperamos que tenha ajudado. Até a próxima!

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco. Ficaremos felizes em ajudar!

whatsapp planserv
(83) 3225-4784 | (83) 3225-4663 whatsapp planserv